Contos

Fim Fim

Quando não estavam sob influência da TV e outros aparelhos eletrônicos, as crianças que viviam no litoral curtiam muito mais a natureza, com suas belezas e segredos.
Passava-se o tempo procurando os caminhos das formigas carregadeiras, olhando como o beija-flor conseguia parar no ar batendo as asas diante das flores de onde sorvia o néctar, ou ainda procurando onde estava o pica-pau que batia seu bico de maneira ritmada e constante no tronco das árvores.
Foi assim que tomei conhecimento de um pássaro chamado “FIM FIM”, ouvia o seu piar igualzinho ao seu nome e sempre corria em direção ao som para identificá-lo.
Corri muitas e muitas vezes pelo quintal e este pássaro esperto fugia para não ser identificado, e cada vez cantava mais longe.
Um dia falando com meus pais, fui orientada que “FIM FIM” era gênio da mata, que encantava as pessoas que o viam; e seu cantar era para que o seguissem até se perderem na mata.
Segundo informações, ninguém contou como é o “FIM FIM”, mas muitas pessoas se perderam na mata andando atrás dele.
Se o fato é verídico ou não, fica por conta de cada um. A partir da informação nunca mais me afastei de casa para procurá-lo.

Autor: Rosely Boselisa Eckstein – 28 de julho de 2016
Contato: boselisa@yahoo.com.br

Autor: Rosely Boselisa Eckstein – 28 de julho de 2016