Morretes

Cicloturismo

A região de Morretes tem mais de quatrocentos quilômetros de estradas de chão que cortam muitas localidades rurais onde predomina a agricultura. Os amantes do cicloturismo, escolhem Morretes para esta prática esportiva em função da variadade de terrenos para todos os gostos. Faça como a equipe da AMC - Associação Morretense de Ciclismo, e venha pedalar em Morretes.

AMC – Associação Morretense de Ciclismo.

Contatos: 41-34621540 – 41-91595611
E-mail- litoralbiketeam@hotmail.com

  • A caminho do São João da Graciosa
  • Passeio nas roças do Central
  • Atletas da AMC a caminho da estrada da Limeira
  • Passeio nas estradas coloniais
  • Ponte sobre o Rio Limeira
  • Atleta da AMC no Caminho do Itupava
  • Pedalando rumo ao Km 31 da 277
  • Conserto da camara no Rio Limeira
  • Ponte de arame sobre o Rio Nhundiaquara
  • Equipe posa para foto na Estrada da Limeira
  • Parada no poço do Belga
  • Equipe posa para foto na Estrada da Limeira
  • Travessia do Rio Nhundiaquara
  • Pose para foto no caminho  do Itupava
  • Rumo ao Km 31 da BR 277
  • Atletas da AMC no mercido descanso da estrada da Limeira
  • Habilidade na ponte de arame do Rio Nhundiaquara
  • Chegada na Estação Eng. Lange no caminho do Itupava
  • Estrada do Capituva
  • Serra da Prata vista da Estrada da Limeira
  • Passeio nas estradas coloniais
  • Subindo na bike
  • Bela vista da Estrada da Limeira
  • Bela vista da Estrada da Limeira
  • Estrada do Capituva
  • Travessia do Rio Nhundiaquara
  • Estrada da Limeira
  • Travessia da ponte de arame do Rio Nhundiaquara
  • Hora do descanso
  • Passeio nas estradas coloniais
  • Ponte de arame sobre o Rio Limeira
  • Equipe da AMC - Associação Morretense de Ciclismo

Pro Bike Adventure

Pela beleza natural, estradas coloniais, rios, cachoeiras topografia que Morretes oferece é normal ser palco para diversas modalidades de competições. No dia 28 de fevereiro de 2010, Morretes recepcionou muitos ciclistas de mountain bike que participaram da competição promovida pela Pro Bike Adventure.

  • Pro Bike Adventure
  • Pro Bike Adventure
  • Pro Bike Adventure
  • Pro Bike Adventure
  • Pro Bike Adventure
  • Pro Bike Adventure
  • Pro Bike Adventure

Campeonato Metropolitano de MTB - 2ª Etapa - 2011

No dia 27 de fevereiro de 2011, ocorreu a 2ª Etapa Campeonato Metropolitano de MTB, partindo às 09h30 minutos com uma largada simbólica da Praça Rocha Pombo e a largada oficial ocorreu no Bairro Central de Morretes (ruínas da usina de açúcar), passando pela localidade da Ponte Alta, América de Cima, Marumbi, América de Baixo, Pantanal, Estrada do Anhaia, Carambiu, ponte molhada, voltando para América de Baixo e encerrando na Praça Rocha Pombo. Num percurso de 48 quilômetros de estradas coloniais com muitas curvas, muitos trechos íngremes, pedras soltas, travessia a pé rios com a bike nas costas, travessia do Rio Marumbi, que transbordava pela ponte molhada. A prova foi muito competitiva, exigia muita habilidade técnica e um calor de sol escaldante na opinião dos participantes. Veja os registros fotográficas do . . . .

  • Momento da largada
  • Chegada do Campeonato Metropolitano de MTB - 2ª Etapa - 2011
  • Equipe de Morretes

Pedalando rumo ao Carambiú

No dia 11 de junho a Equipe AMC e mais convidados, aproveitaram o belo sábado de sol para uma pedalada rumo ao Carambiú.

  • Equipe AMC na praça Rocha Pombo - Morretes
  • Gustavo, Fabio e Nego
  • Luciano e Nego
  • Nego
  • Zé Furquim
  • Priscila treinando com a equipe AMC
  • João pedalando só na manha e Ivan empurrando a bike
  • Ivan enfrentando o desafio da subida do Carambiú
  • Chicão empurrando a bike para fazer companhia para o Leonardo.
  • Leonardo enfrentando o desafio da subida do Carambiú
  • João pedalando calmamente
  • Fabio enfrentando o desafio da subida do Carambiú
  • Ivan o aniversariante do dia
  • Chicão enfrentando o desafio da subida do Carambiú
  • Gustavo vinha no rítmo de treino para competição.
  • Priscila no retorno do Carambiú
  • João em rítmo de descida do Carambiú
  • Zé Furquim em rítmo de descida do Carambiú
  • Leonardo estreando na descida do Carambiú
  • Zé Furquim, Luciano e Gustavo
  • Leonardo, João, Nego e Fabio
  • Luciano
  • Chegando no Rio do Pinto
  • Ivan, Priscila, Nego e Chicão

2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike

No dia 24 de Fevereiro de 2013 chegou à histórica cidade de Morretes a 2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike, com duas opções de modalidades:
Tivemos o percurso Pró com 44 km e o Percurso Sport com 26 km.

Confira as classificações desta etapa em Morretes - Paraná:

  • 2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike – Morretes/PR – 2013
  • 2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike – Morretes/PR – 2013
  • 2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike – Morretes/PR – 2013
  • 2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike – Morretes/PR – 2013
  • 2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike – Morretes/PR – 2013
  • 2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike – Morretes/PR – 2013
  • 2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike – Morretes/PR – 2013
  • 2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike – Morretes/PR – 2013
  • 2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike – Morretes/PR – 2013
  • 2ª Etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike – Morretes/PR – 2013

Ciclistas Estrangeiros – Pedalando em Morretes rumo a Salvador – Brasil

Na tarde de ontem, 25 de julho, recebemos a visita de Christian Riedke, alemão, 44 anos, professor de matemática e biologia; sua esposa Olga Ávila, espanhola, 37 anos, promotora de eventos e sua filhinha Naila, de apenas 02 anos e meio, que saíram da Alemanha, da cidade de Friburgo, no dia 15 de setembro de 2012, pedalando até Madri, e de lá até Bariloche, de avião.
Já pedalaram 8.500 km, visitando o Chile, Argentina e o Brasil (muitas cidades), inclusive Foz do Iguaçu.
A permanência deles no Brasil é de apenas 03 meses, de acordo com o visto concedido.
Eles pretendem renovar o visto para poder visitar Salvador, o belíssima capital da Bahia e de lá voltar para a Alemanha.
Todos eles, inclusive a filha, falam 03 idiomas: Alemão, Espanhol e Catalão.
Na oportunidade, visitaram a exposição dos Artistas Morretenses, onde deixaram seus autógrafos.
Pernoitaram em nossa cidade, numa pousada; com certeza agora, 9h50min já estão pedalando com destino a Curitiba, subindo a Serra da Graciosa. Que Deus o acompanhe.

Texto: Laurice Salomão De Bona - Secretaria Municipal de Turismo e Cultura - Morretes

  • Christian Riedke, Olga Ávila e Naila, filhinha do casal – Pedalando em Morretes rumo a Salvador – Brasil
  • Christian Riedke, Olga Ávila e Naila, filhinha do casal – Pedalando em Morretes rumo a Salvador – Brasil
  • Christian Riedke, Olga Ávila e Naila, filhinha do casal – Pedalando em Morretes rumo a Salvador – Brasil
  • Christian Riedke, Olga Ávila e Naila, filhinha do casal – Pedalando em Morretes rumo a Salvador – Brasil
  • Christian Riedke, Olga Ávila e Naila, filhinha do casal – Pedalando em Morretes rumo a Salvador – Brasil
  • Christian Riedke, Olga Ávila e Naila, filhinha do casal – Pedalando em Morretes rumo a Salvador – Brasil
  • Christian Riedke, Olga Ávila e Naila, filhinha do casal – Pedalando em Morretes rumo a Salvador – Brasil
  • Christian Riedke, Olga Ávila e Naila, filhinha do casal – Pedalando em Morretes rumo a Salvador – Brasil
  • Christian Riedke, Olga Ávila e Naila, filhinha do casal – Pedalando em Morretes rumo a Salvador – Brasil
  • Christian Riedke, Olga Ávila e Naila, filhinha do casal – Pedalando em Morretes rumo a Salvador – Brasil